Missão

O Programa tem como principal missão, integrar os docentes de diferentes áreas da biologia e motivar estudos multidisciplinares com a fauna silvestre, estimulando assim, a formação interdisciplinar dos discentes, com o desenvolvimento de pesquisas na interface entre diferentes disciplinas da Biologia e Zoologia em um fértil ambiente de discussões científicas, através do efeito multiplicador pós-graduação/ graduação. A linha de pesquisa “Sistemática e Bionomia Animal” têm por objetivo desenvolver estudos que envolvam aspectos ligados à sistemática e taxonomia animal, biogeografia, comportamento e história natural dos táxons, enquanto a linha em “Morfofisiologia e Fisiopatologia Animal” enfatiza estudos relacionados à morfologia, fisiologia e patologia animal, em diferentes níveis de organização estrutural (células, tecidos, órgãos e sistemas). Porém, como já descrito acima, essas duas linhas de pesquisa tendem a trabalhar de forma integrada, ou ao menos em parceria, envolvendo assim, aspectos de ambas as linhas. A UFMS abrange uma área geográfica-educacional com mais de 350.000 km2 onde estão inseridos aproximadamente 100 municípios, incluindo vários estados limítrofes, tais como: São Paulo, Paraná, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais, além de áreas fronteiriças (Paraguai e Bolívia). Além da sede em Campo Grande, o PPGBA agrega docentes de outros campi da UFMS nas cidades de Aquidauana, Corumbá e Três Lagoas, possibilitando assim, ampliar o atendimento à demanda dos estudantes nestes locais através de docentes orientadores. A implementação do PPGBA da UFMS visa suprir uma grande lacuna regional, já que existem poucos Programas de Pós-graduação com essa temática em toda a região centro-oeste do país.